A novela da substituição da cesta-básica ainda continua

A implantação do vale-alimentação no lugar da cesta-básica para os servidores públicos deveria ter ocorrido em janeiro, mas até agora o projeto de lei não deu entrada na Câmara de Vereadores. O fornecimento das cestas-básicas foi prorrogado até março e não há indicação de qual rumo a questão vai seguir a partir de abril. Esse acordo de greve começou a ser discutido ainda no mês de outubro pelo Sinsej e Secretaria de Gestão de Pessoas. A proposta foi finalizada no mesmo mês, mas até agora está emperrada no gabinete do Prefeito, segundo últimas informações. O sindicato espera que o acordo seja cumprido o mais rápido possível, pois muitos servidores já contavam com esse auxílio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =