Prefeitura corta vale alimentação de grevistas

A PMJ cumpriu a ameaça de cortar o vale alimentação dos servidores grevistas. Ontem, 30/06, muitos servidores receberam parcialmente o valor do benefício e ao que tudo indica nada receberão no próximo mês. Além disso, Agentes de Saúde Pública (AGS) também não receberam o benefício.

Essa atitude do Executivo Municipal é o primeiro ato de descumprimento do acordo firmado entre o PMJ e o Sinsej para o fim da greve. O acordo, intermediado pelo Judiciário, prevê que nenhum desconto seja feito até setembro.

Mais uma vez a administração municipal afronta seus servidores e trabalha para que um clima de insatisfação e revolta se instale. Ao que parece, a Secretária de Gestão de Pessoas, Márcia Streit, vem se esmerando em cumprir as ameaças de punir feitas durante as reuniões com a diretoria do sindicato.

O Sinsej entrará na próxima semana com uma ação judicial para reverter essa injustiça e garantir o recebimento do vale-alimentação para todos os servidores que recebiam a cesta-básica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + três =