Prefeitura nega hora extra aos PAs no recesso

Sinsej não descarta paralisação

A Secretaria de Gestão de Pessoas comunicou aos servidores dos Pronto Atendimentos (PAs) de Joinville que não pagará horas extras no recesso de fim de ano. Na próxima terça-feira (12/12), haverá uma reunião com todos os trabalhadores dos PAs e demais setores que trabalharão nesse período (como os agentes do Programa de Combate à Dengue). Será às 19 horas, no Sinsej.

O Sinsej está visitando os PAs para conversar com os servidores. Hoje (9/12) pela manhã os diretores do sindicato conversaram com Secretário de Saúde Tarcísio Crocomo, mas as discussões ainda não terminaram. Caso a Prefeitura mantenha-se impassível, não descarta-se uma paralisação entre o dia 23 de dezembro e 2 de janeiro.

Tradicionalmente, as horas do recesso são pagas dobradas, já que a maior parte da categoria está de folga. Além disso, com o fechamento dos Postos de Saúde e diminuição do efetivo nos hospitais, o movimento se intensifica nos PAs.

No ano passado, as horas extras do período foram pagas com 40 dias de atraso e só após os servidores terem decidido paralisar as atividades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 2 =