Ato na inauguração da nova Prefeitura de Itapoá

Os servidores municipais de Itapoá aguardam a resposta do prefeito Ervino Sperandio (PSD) sobre a Pauta de Reivindicações 2012. O documento foi elaborado na assembleia geral de 24 de novembro e lista as principais necessidades da categoria.  Até o momento houve duas reuniões com o vice-prefeito Mário Eloi Tavares (PV), mas ele se negou a tomar qualquer decisão sem a permissão de Sperandio, que estava em licença.

De acordo com Tavares, o chefe do Executivo procuraria o Sinsej logo que retornasse. Porém, até o momento, nenhum contato foi feito.

Diante disso, os servidores de Itapoá realizarão um ato na inauguração da nova sede da Prefeitura amanhã (17/2), a partir das 19 horas.

As reivindicações

Os servidores de Itapoá acumulam uma perda salarial de 42,15% calculada pelo Dieese com base nos últimos 15 anos. Além de um aumento que dê início a correção dessa desvalorização, os trabalhadores reivindicam reajuste no valor do vale-alimentação, pagamento de adicional de insalubridade, incorporação de gratificações na área da saúde, cumprimento integral da Lei do Piso do Magistério, pagamento de 45 dias de férias para os professores, regulamentação de lotação e transferência, gozo da licença prêmio de três meses a cada cinco anos, construção democrática e coletiva do calendário escolar, diminuição da carga horária sem diminuição de salários, revisão da hora-aula do professor, entre outras.

Mobilização para a Assembleia

O Sinsej está pressionando pela abertura de negociações com o prefeito, mas para que haja avanços é preciso que a categoria esteja organizada e demonstre força. É necessário ampliar ainda mais o número de filiados ao sindicato. No dia 29 de fevereiro haverá nova assembleia geral, às 17h30, no Hotel e Restaurante Pérola.

Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =