Greve dos professores do Estado está suspensa

A greve dos trabalhadores da rede estadual de ensino está suspensa. Após 16 dias de paralisação, uma assembleia estadual decidiu, na última terça-feira (8/5), interromper o movimento por 30 dias. A categoria segue em estado de greve.

Os professores entregaram um documento ao secretário de educação, Eduardo Deschamps, reafirmando as reivindicações de descompactação da tabela salarial, pagamento de 22% de reajuste, implementação de um terço de hora atividade, novo concurso público e garantia de reposição dos dias parados sem punições ou descontos.

Com a interrupção da greve, os trabalhadores deram ao governo o prazo de um mês para que apresente avanços. Durante todo o período de paralisação, o governador Raimundo Colombo assumiu uma posição intransigente e negando-se a negociar enquanto os professores continuassem parados. Agora, ele já sinaliza que em 30 dias não terá nova proposta a apresentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + vinte =