O imposto sindical pode ser devolvido?

O Sinsej deseja discutir com a categoria qual a forma correta de sustentação dos sindicatos e pretende devolver a parte do imposto sindical (60%) que fica com a entidade. No dia 30 de agosto, às 19 horas, uma assembleia geral da categoria vai deliberar sobre o assunto. Antes disso, os representantes de locais de trabalho estão convidados para uma reunião, no dia 2 de agosto, no mesmo horário e local.

Para contribuir com o debate, desde quinta-feira (12/7) estão sendo publicadas no site do Sinsej respostas às principais dúvidas sobre o assunto:

_______________________________

O imposto sindical pode ser devolvido?

Queremos fazer valer na prática o princípio de que o sindicato deve ser financiado com a contribuição voluntária dos trabalhadores. Ele só deveria receber o dinheiro de quem concorda em contribuir com a entidade. O Sinsej tem a possibilidade de devolver 60% do valor descontado na folha de março, que é o que fica com a entidade sindical.

Essa é uma decisão da categoria. Queremos que cada servidor pense sobre o assunto e diga se quer ou não contribuir com o financiamento da luta do seu sindicato. Se a categoria fizer a opção pela devolução, a direção do sindicato terá o maior prazer em cumprir essa determinação. Da mesma forma, é bem-vinda qualquer contribuição voluntária do servidor para ajudar a contribuir com nossa organização, estrutura e luta.

Leia também:

“Por que o Sinsej é contra o imposto?”

“O que fazer enquanto existir o imposto sindical?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =