Sinsej acompanhará adequação às regras da ESF

A Secretaria da Saúde de Joinville pretende retornar à antiga carga horária dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF). A atitude foi decidida pela nova gestão da prefeitura nessa terça-feira (8/1). Segundo a administração, a mudança será para adequar o programa às normas do Ministério da Saúde para que o município volte a receber os repasses do Governo Federal.

No ano passado, a prefeitura diminui a carga horária desses servidores para 7 horas diárias, o que gerou um conflito com as regras de funcionamento do programa. O Ministério da Saúde determina que a ESF tenha uma jornada de 8 horas. Dessa forma o governo parou de mandar dinheiro desde outubro. A atual administração decidiu então voltar a cumprir as normas do programa.

Essas decisões atingem diretamente a jornada de trabalho desses servidores. Por isso, o Sinsej procurará a prefeitura para acompanhar a situação e seus desdobramentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 3 =