Exemplo de democracia nas eleições do Sinsej

Os trabalhadores do serviço municipal de Joinville, Garuva e Itapoá elegeram nos dias 18 e 19 de março a direção do Sinsej para os próximos três anos. Com 2.946 votos (64,78%) a categoria escolheu a Chapa 1 – Unidade, Organização e Luta, que representa a continuidade da política da atual direção. A Chapa 2 – Giro Sindical – fez 1.580 votos (34,74%).

Esta foi a maior eleição da história do Sinsej. De 6.604 servidores aptos, houve 4.548 votos válidos. Durante dois dias de eleição, 20 urnas coletaram votos em cerca de 350 locais de trabalho. De acordo com o membro da comissão eleitoral e advogado Francisco Lessa, este resultado só foi possível porque todos os esforços foram empreendidos para permitir a votação do maior número de eleitores.

Tamanha participação representa um marco histórico no movimento sindical de Joinville e região. Para o presidente do Sinsej, Urich Beathalter, ela demonstra o reconhecimento do bom trabalho realizado pela atual gestão e o amadurecimento político da categoria, que foi às urnas para decidir a vida da sua entidade sindical. “Ganhamos com uma grande vantagem em um processo que foi um verdadeiro exemplo de democracia”, ressaltou Ulrich.

A chapa vencedora é formada por membros da atual diretoria do Sinsej somados a companheiros que se destacaram nas batalhas da categoria nos últimos três anos.

Membros da Chapa 1 e apoiadores comemoram a continuidade da Unidade, Organização e Luta da categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 2 =