CUT apoia a greve dos servidores de Joinville

A CUT SC reitera o incondicional apoio aos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal de Joinville que estão em greve desde o dia 13 do corrente.

Defensores de que serviços públicos de qualidade só é possível mediante o reconhecimento da importância, com a devida valorização, dos servidores e servidoras, a CUT SC é solidária aos companheiros e companheiras na reivindicação pelo reajuste salarial e melhoria nas condições de trabalho da categoria.

Para a CUT SC, a decisão da categoria reunida em assembleia no dia 10 de maio é somente consequência da forma como a maioria dos prefeitos de Santa Catarina tem tratado os servidores públicos.

O Prefeito Udo Döhler, além de pouco avançar nas negociações de reajuste salarial, (ofereceu um parcelamento do reajuste em 3 vezes, sendo que a última será paga somente no inicio do ano que vem). Atendeu somente 14 itens da pauta de reivindicação que continha 47 pontos importantes, deixando de fora temas relevantes como o aumento e universalização do vale-alimentação, a solução para o atendimento de saúde dos trabalhadores e a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais.

Nós, trabalhadores e trabalhadoras, somos, na grande maioria, os usuários dos serviços públicos. Ao apoiar os servidores do município de Joinville, estamos reconhecendo a devida importância a que esses profissionais têm no funcionamento da cidade e no atendimento à população joinvillense.

Apelamos ao Prefeito Udo Döhler para não medir esforços no sentido de atender as reivindicações da categoria, que também são reivindicações de todos nós, trabalhadores e trabalhadoras catarinenses.

Somos forte, Somos CUT!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito + oito =