Conquista de condições de trabalho no HMSJ

Os servidores do Hospital São José tiveram uma importante conquista em suas condições de trabalho. Uma medicação chamada Ganciclovir Sódico estava sendo manuseada sem segurança, situação que poderia provocar câncer, mutação e alterações de espermatozoides.

A partir da denúncia de trabalhadores, o Sinsej procurou a Eurofarma Laboratórios em busca de esclarecimentos sobre esta medicação. A empresa informou que é preciso o uso de uma capela de fluxo laminar (equipamento que cria áreas de trabalho estéreis para a manipulação de materiais), luvas, máscaras e óculos protetores.

Os servidores ameaçaram boicotar a manipulação do medicamento, que precisa ser diluído, e o Sinsej reuniu-se com a direção do hospital para apresentar a reivindicação. Diante disso, desde o dia 28 de outubro o estão sendo oferecidas todas as condições de segurança necessárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =