Servidores reuniram-se para falar sobre recesso

DSC_0075
Servidores tiraram dúvidas sobre o recebimento do abono de recesso I Foto: Aline Seitenfus

Na noite de quinta-feira (20/11), às 19 horas, diretores do Sinsej realizaram uma assembleia com os servidores que irão trabalhar durante o recesso de fim de ano. A secretária de Gestão de Pessoas, Rosane Bonessi, informou ao presidente do sindicato, Ulrich Beathalter, que a procuradoria do município já está analisando um projeto de lei que regulamenta o pagamento de um abono para quem trabalhar no recesso. Este benefício será calculado no valor de uma hora a mais com adicional de 50%, para cada hora trabalhada. Nos feriados será de 100%.

Assim que for analisado, o projeto será entregue ao Sinsej, que realizará nova assembleia com os servidores em até duas semanas. Caso não haja retorno por parte da Prefeitura,  os trabalhadores decidirão que medidas serão tomadas.

O vice-presidente do sindicato, Tarcísio Tomazoni Junior, orientou os servidores a ficarem atentos e não fazerem nenhum acordo com seus superiores. O que vai valer para todos que trabalharem de 22 de dezembro (2014) a 4 de janeiro (2015) será a lei aprovada.

Leia notícia mais recente sobre assembleia nesta sexta-feira (28/11) e decreto que não considera os fins de semana em meio ao recesso como pontos facultativos.

Texto atualizado em 24/11, às 13h42

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =