Servidores do Paraíso irão à Secretaria de Saúde

Servidores da Unidade de Saúde V, no bairro Jardim Paraíso, decidiram ir até a Secretaria de Saúde na próxima terça-feira (2/12) para exigir melhores condições de trabalho e de atendimento. A decisão foi tomada na manhã de ontem (25/11), em assembleia entre funcionários e Sinsej. Os trabalhadores deste bairro sofrem há meses com a falta de espaço adequado. Eles estarão na secretaria às 9 horas e esperam obter uma audiência com a secretária de Saúde, Larissa Brandão.

O Jardim Paraíso possui três unidades de saúde e seis equipes de Estratégia Saúde da Família. No entanto, atualmente os espaços de quatro grupos estão interditados. A Unidade V, que fará a paralisação, é onde está o maior problema, pois atualmente três equipes ocupam um lugar com capacidade para apenas uma.

Há meses estes trabalhadores esperam a entrega da reforma da Unidade II, que foi interditada. O prazo para a conclusão da obra era início de novembro, mas nessa terça-feira a secretária de Saúde comunicou à direção do sindicato que a inauguração acontecerá somente em janeiro. A justificativa para o adiamento seria a licitação de novos móveis para o local, que só poderá ser feita em dezembro.

Os trabalhadores do local defendem que a inauguração possa acontecer com os móveis atuais, já que a situação chegou ao limite. Para o diretor do Sinsej Tarcísio Tomazoni Junior, o descumprimento do prazo demonstra a falta de compromisso do governo com os servidores. Ele explica que, mesmo com a entrega da reforma, a estrutura de saúde total do bairro continuará sendo insuficiente. Isso porque ainda há espaços desativados e recentemente 320 novas famílias serão instaladas no condomínio Rúbia Kaiser, próximo à Unidade V.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − dois =