Agentes exigem cumprimento de acordo de greve

Dia 23 de fevereiro os agentes administrativos das escolas municipais, juntamente com o Sinsej, farão um ato em frente à Secretaria da Educação. Eles exigem uma audiência com o secretário Roque Mattei para falar sobre o acordo de redução da jornada de trabalho. A concentração será às 8 horas e os trabalhadores permanecerão paralisados durante toda a manhã.

O acordo de greve de 2014 previa a redução da jornada de trabalho destes servidores de 8 para 6 horas diárias. O cumprimento deveria acontecer durante 2015. Até o momento, entretanto, nem ao menos um cronograma foi apresentado aos trabalhadores.

A redução da jornada não será uma medida inédita. Agentes administrativos de outros setores da Prefeitura já estão adequados às 6 horas diárias. Para estendê-la a este grupo de servidores basta boa vontade do secretário e um decreto do prefeito.

O Sinsej irá encaminhar um ofício à Secretaria colocando-se à disposição para conversar com Mattei antes do dia 23. Caso ele apresente uma solução, a paralisação pode ser evitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + quatro =