Sinsej denuncia prática antissindical de Dechamps

O Sinsej protocolou à Secretaria de Estado da Casa Civil uma moção de repúdio às declarações do Secretário de Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps. Em vídeo que circula pela internet e declarações à imprensa ele ameaçou servidores estaduais em estágio probatório que participem da greve em curso. Além disso, deu ordens diretas aos diretores escolares contra o movimento dos trabalhadores e coagiu os admitidos em caráter temporário (ACTs). Para justificar sua truculência, o secretário fez afirmações legalmente erradas. O Sinsej denuncia esta prática como antissindical e pede a responsabilização do secretário.

Leia a moção na íntegra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 19 =