Sobre a alimentação no dia de vacinação

sem-alimentação

Na terça-feira (11/8), a Secretaria Municipal de Saúde de Joinville comunicou que não entregaria o ticket-alimentação a tempo do Dia Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Multivacinação (15/8). Diante disso, o Sinsej orientou os servidores a não trabalharem nessa data. Após a divulgação do sindicato, a Prefeitura voltou atrás e informou, através de memorando, que entregará o almoço às unidades de saúde a partir das 11 horas.

A orientação do Sinsej permanece a mesma, se a alimentação não chegar no horário ou se a mesma não chegar em boas condições, os funcionários devem fechar os locais. Não há previsão legal para o trabalho dos servidores de unidades básicas de saúde aos sábados e, ainda assim, sempre houve cooperação. No entanto, o pagamento de hora-extra e a alimentação devem ser garantidos.

Para o diretor do Sinsej, Tarcísio Tomazoni Júnior, a confusão causada pela administração mostra a falta de gestão na saúde. “Viabilizar refeição não é um mérito do governo, é uma obrigação”, ressalta. “Novamente os servidores tiveram que se organizar para garantir seus direitos mínimos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + três =