Encerrada a greve no Hospital São José

Cortes foram revertidos I Foto: Francine Hellmann
Cortes foram revertidos I Foto: Francine Hellmann

Servidores do Hospital Municipal São José, reunidos ontem (3/9) no Sinsej, votaram o encerramento da greve. O movimento estava interrompido e os trabalhadores consideraram que não há mais conjuntura para a retomada, já que o motivo gerador da paralisação – cortes no adicional de insalubridade – foi resolvido.

O prefeito Udo Döhler informou que deve vetar o projeto de lei complementar 41/2015, que garantia abono de 50% dos dias da greve e a possibilidade de reposição do restante do período. A proposta do governo é de reposição da metade dos dias paralisados, abono de três dias e desconto do restante do período, de forma parcelada até abril de 2016.

A compensação será computada na proporção de uma hora de reposição para cada hora a mais trabalhada em dias úteis, uma hora e meia em sábados e duas horas aos domingos. Consta ainda na proposta da Prefeitura a retirada das ações judiciais do período da greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − um =