Estado de greve continua na CVJ

DSC_0130
O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, falou em nome dos servidores, na reunião da Comissão de Legislação I Foto: Aline Seitenfus

Na tarde de ontem (9/11), os servidores da Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ) reuniram-se novamente para discutir e analisar o estado de greve. Em seguida, eles participaram da reunião da Comissão de Legislação e obtiveram uma primeira vitória: os projetos de resolução 16/2015 e 22/2015 não passaram para a votação.

Estes projetos abrangem os principais pontos da pauta de reivindicações dos trabalhadores da CVJ. A Comissão, que reúne-se hoje (10/11), às 16h30, comprometeu-se em buscar uma forma de negociação antes de deliberar sobre as resoluções. Ainda assim, os servidores irão acompanhar a reunião. “Precisamos ficar atentos e preparados”, lembrou o presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter.

Outra reivindicação dos funcionários do Legislativo é referente ao vale-alimentação. Um estudo realizado em Joinville e região revelou que o menor valor concedido é o da CVJ. “Permaneceremos em estado de greve e dispostos a intensificar a nossa luta até que a negociação aconteça e os nossos pedidos sejam atendidos”, enfatizou Ulrich.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − catorze =