Prefeitura de Joinville manterá médicos

A Prefeitura de Joinville anunciou na quinta-feira (3/3) a suspensão do aviso prévio de 11 médicos da rede municipal de saúde. O comunicado foi feito após reunião com o sindicato no período da tarde, em que o presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, pediu uma providência a respeito da situação.

O governo disse que consultará o Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a possibilidade de renovação de contratos temporários, devido à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Para Ulrich, não é o servidor quem deve pagar pelas economias da Prefeitura. “O governo pode simplesmente cortar o triênio de 6% e o pagamento de gratificação vitalícia para comissionados e indicados por partidos políticos”, esclarece. O presidente ainda destaca que a LRF veda novas contratações quando o limite prudencial de gastos com folha de pagamento é ultrapassado, mas não obriga o Executivo a demitir os já contratados.

O sindicato ficará atento e denunciará qualquer medida de ataque aos servidores. No dia 10 de março haverá assembleia da Campanha Salarial 2016, às 19 horas, na Câmara de Vereadores de Joinville. Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =