Prefeito se nega a discutir greve dos servidores que trabalham no recesso


A greve dos servidores que trabalham durante o recesso chega hoje (15/12) ao quinto dia e a única atitude do prefeito até agora foi receber o sindicado, pela manhã, para dizer que não iria discutir este assunto.

Udo Döhler (PMDB) negligencia a falta de materiais, de funcionários e do pagamento do abono para quem permanece em serviço neste período. Também ignora o direito ao atendimento de saúde de toda população.

Em assembleia, os trabalhadores decidiram que, diante da truculência do governo, a única alternativa é manter o movimento. Os servidores e o Sinsej lamentam os transtornos gerados e pedem o apoio da comunidade para cobrar o governo a negociar.

Na segunda-feira (18/12), às 9 horas, os grevistas voltam a se concentrar em frente à Prefeitura. Este é o momento para todos que ainda não aderiram ao movimento, entrarem em greve.

Prefeito, negocie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + seis =