Resposta do Sinsej à nota divulgada pelo Ipesi

Em resposta à nota divulgada pelo Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Itapoá (Ipesi) ontem (21/8), o Sinsej esclarece que nunca questionou a lisura do processo de eleição da entidade. Enquanto representante dos servidores, o sindicato tem a obrigação de salvaguardar os interesses da categoria. Por isso, denunciou e reafirma que a organização dificultou a participação dos trabalhadores, já que ocorreu em horário comercial e sem a presença de urnas itinerantes nas unidades. Além disso, o Ipesi não solicitou à Prefeitura a liberação do trabalho para votar.

É importante restabelecer a verdade sobre a afirmação de que “O Sinsej em nenhum momento se fez presente na elaboração do processo eleitoral, tão pouco (sic) ofereceu ajuda para a realização da eleição”. A direção do sindicato nunca foi convidada para participar da organização das eleições e procurou, sim, o instituto com antecedência para sugerir a inclusão de urnas itinerantes.

O Sinsej espera ainda que as “medidas legais” prometidas na nota sejam encaminhadas com agilidade, para que o real conteúdo do texto divulgado pelo sindicato seja reafirmado pela Justiça.

Já é chegado o momento de as lideranças políticas da cidade saberem ouvir opiniões e respeitar os trabalhadores. A crítica faz parte do processo democrático. Em debates com instituições e pessoas públicas, sobretudo as eleitas, não há lugar para o sentimento de ofensa pessoal. Chega de falsas polêmicas. Os servidores de Itapoá não se deixarão distrair sobre os reais problemas da cidade, do serviço público e da previdência da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =