Participe das assembleias da Campanha Salarial 2019

Iniciado o ano e retomados os trabalhos, é momento de pensar, de forma organizada, nas campanhas salariais dos servidores de Joinville, Garuva e Itapoá. Grandes ataques estão por vir. Em breve, os trabalhadores precisarão combater a Reforma da Previdência, preparada para beneficiar a burguesia e sacrificar ainda mais a classe trabalhadora. Além disso, medidas como a Emenda Constitucional 95, que congelou investimentos públicos por 20 anos, serão usadas como justificativa para ainda mais arrocho salarial. Tentativas de terceirização dos serviços públicos alastram-se pelos municípios.

Desde já, o Sinsej chama os servidores das três cidades a pensar a Campanha Salarial e elaborar a Pauta de Reivindicações. É hora de avaliar a realidade de cada unidade e do serviço público como um todo, e definir quais são as prioridades na construção de condições dignas de trabalho, na valorização do servidor e no bom atendimento à comunidade que utiliza os serviços.

A data-base em Garuva é 1º de abril. Por isso, esta será a primeira cidade a iniciar as discussões. A assembleia que definirá a Pauta de Reivindicações acontecerá em 27 de fevereiro, às 19 horas, na sede do Sinsej.

Em Itapoá, a data-base é 1º de maio. Haverá reunião do Conselho de Representantes no dia 26 de fevereiro, na sede do Sinsej, às 14 horas. O representante de cada unidade será dispensado do trabalho, conforme previsto no Estatuto do Servidor. Na noite deste mesmo dia, está agendada uma assembleia para organizar a luta contra um projeto de lei que ataca a educação no município. Já a assembleia que definirá a Pauta de Reivindicações acontecerá em 26 de março, às 19 horas, em local a confirmar.

Joinville, também tem data-base em 1º de maio. O Conselho de Representantes se reúne no dia 28 de fevereiro, às 14 horas, com liberação. A assembleia acontecerá no dia 21 de março, às 19 horas. As duas atividades serão no auditório da entidade.

Para barrar os cortes, manter os direitos do servidor e avançar nas conquistas é preciso unidade, organização e luta da categoria. Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − dezessete =