Ataque sem precedentes à Educação municipal de Itapoá

O Sinsej convoca todos os servidores municipais de Itapoá para uma assembleia na próxima terça-feira (26/2), às 19 horas, na sede do sindicato. A Prefeitura está preparando um ataque sem precedentes à Educação, que precisa do envolvimento de toda a categoria para ser barrado. Trata-se de um projeto de lei que extingue os cargos de orientador, administrador e supervisor escolar, substituindo-os por um único profissional chamado de coordenador pedagógico.

Na prática, este servidor acumularia uma lista de atribuições nunca vista, sendo responsável pelo trabalho de secretaria, orientação aos alunos, auxílio ao diretor, entre inúmeras outras tarefas. O que realmente irá acontecer é que as escolas não contarão mais com boa parte destes trabalhos. Neste sentido, além de diminuir o quadro de funcionários da Prefeitura, a medida irá precarizar a Educação municipal, prejudicando toda a comunidade.

Existe a possibilidade de este projeto começar a tramitar na semana que vem. É provável que ele seja lido em Plenário na sessão da próxima segunda e que seja remetido às comissões na terça-feira – dia em que a assembleia dos servidores está convocada. Nesta mesma data, mais cedo, haverá reunião do Conselho de Representantes por Local de Trabalho, também do Sinsej.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + doze =