1º de maio: dia de luta dos trabalhadores em Joinville

Na manhã deste sábado, 1º de Maio, Dia do Trabalhador, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Joinville e Região (Sinsej) realizou, na Praça da Bandeira, um ato simbólico para marcar esta data de luta e de resistência da classe trabalhadora. O ato contou com a participação de militantes de movimentos sociais e outros sindicatos de trabalhadores de Joinville.

O ato teve como objetivo dialogar com a população, que vive hoje um contexto de desemprego alarmante, aumento dos preços dos alimentos e gás de cozinha, além de tratar do desmantelamento e destruição dos serviços públicos, a Covid-19 e a fome.

Os manifestantes protestaram contra a reforma administrativa do governo federal e as privatizações, pela retomada do auxílio emergencial de R$600 e em defesa da vacinação da população contra a Covid-19 pelo Sistema único de Saúde (SUS).

O “Fora Bolsonaro” foi uma das principais palavras de ordem deste sábado. A reforma da Previdência do prefeito Adriano Silva (Novo) também foi criticada pelos manifestantes.

 

One thought on “1º de maio: dia de luta dos trabalhadores em Joinville

  • 2 de maio de 2021 em 15:41
    Permalink

    O gado bolsonarista formado pela classe média em Joinville, em suas passeatas, tomado pela ignorância e imbecilidade pedem intervenção militar e ataques ao STF, apoiando Jair Bolsonaro.Os movimentos sociais e sindicatos progressistas pedem vacinas e lutam contra o desemprego,a miséria e a fome,defendendo o impeachment de Bolsonaro.Os negacionistas vão ser julgados e responsabilizados pela história!
    Infeliz do povo que necessita de mitos e falsos heróis!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze − cinco =