Plenária da CUT aprova moção em repúdio à terceirização e às OSs no serviço público de Joinville

A 16ª plenária da Central Única dos Trabalhadores de Santa Catarina, que acontece nesses dias 1º, 2 e 3 de setembro, aprovou moção contra a terceirização e convênios da Prefeitura Municipal de Joinville com Organizações Sociais (OS). A moção fortalece a luta que o Sinsej e entidades do movimento social, sindical e popular, em âmbito local e estadual, têm travado em defesa dos serviços públicos, assim como a campanha OS Ninguém Merece, lançada na Plenária em Defesa do SUS: contra as Organizações Sociais, realizada no início de agosto. Desde que assumiu, o prefeito Adriano Silva (Novo) tem trabalhado para ampliar a terceirização no serviço público de Joinville, especialmente no Hospital São José.

PlenCut/SC
A plenária, que leva o nome de Jacir Zimmer, em homenagem Secretário de Assuntos Jurídicos da CUT-SC e coordenador da FETRAFI e que faleceu de covid-19 em junho deste ano, debate temas urgentes para o futuro do movimento sindical com o objetivo de atualizar a estratégia e o plano de lutas da Central para o próximo período.

Leia abaixo a moção:

Moção de repúdio à tentativa de implantação de Organizações Sociais e terceirização do serviço público em Joinville pelo Prefeito Adriano Silva (Novo)

Os delegados da 16ª Plenária Estadual da CUT, vêm a público manifestar REPÚDIO à tentativa de implantação de Organizações Sociais e terceirização do serviço público na cidade de Joinville. OSs, que tem como objetivo a substituição dos serviços públicos de qualidade prestados pelos servidores municipais, por empresas privadas apadrinhadas do governo municipal e do Partido Novo. Este modelo de Política, que prejudica o erário e a população joinvilense, dispensamos.

Ressalta-se que o modelo implantado já é prática reiterada do Governo Estadual, cujas medidas privatizantes se mostraram totalmente ineficazes nas políticas públicas em Santa Catarina mediante a introdução das OSs, Terceirização e Privatização dos Serviços Públicos.

Plenária da CUT aprova moção em repúdio à terceirização e às OSs no serviço público de Joinville
Plenária da CUT aprova moção em repúdio à terceirização e às OSs no serviço público de Joinville

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 + onze =