Sinsej entrará com ação em prol dos servidores da educação

O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Joinville (Sinsej) entrará com uma ação coletiva contra a prefeitura em razão de ilegalidades descontos na folha salarial de servidores da educação.

No mês de agosto, a prefeitura fez pagamentos indevidos de gratificações a servidores da educação. Os pagamentos foram feitos com os descontos do imposto de renda. Ao perceber o erro, a prefeitura descontou o valor integral das folhas dos servidores no mês de setembro, desconsiderando que parte desse dinheiro havia sido repassado a Receita Federal.

De acordo com a prefeitura, os servidores poderiam ter acesso a esses valores na declaração do imposto de renda de 2023, porém não há garantias disso, já que vários fatores interferem na restituição ou não do imposto para cada pessoa.

O Sinsej cobra que a prefeitura repasse nas próximas folhas salariais, os valores cobrados indevidamente dos servidores e vai buscar judicialmente que isso seja feito pela secretaria de educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três + 17 =