Reformado com dinheiro público, CBEA será entregue para lucro da iniciativa privada

No início desta semana, foi notícia nos veículos de imprensa da cidade, a informação de que a prefeitura de Joinville já lançou concorrência para a concessão do Centro de Bem-Estar Animal (CBEA), no valor de R$9,2 milhões para um contrato de três anos. O local está com obras paralisadas desde que o Sinsej denunciou que os trabalhadores da terceirizada responsável pela revitalização do espaço, estavam atuando em condições análogas à escravidão.

Os trabalhos nem foram retomados e as questões envolvendo as situações degradantes pelos quais passavam os trabalhadores do CBEA nem foram esclarecidas ou investigadas, mas Adriano Silva (NOVO) não quer perder tempo. É grande a vontade do prefeito joinvilense dar mais um espaço público para a iniciativa privada.

As irregularidades na obra já servem de alerta para os problemas da terceirização. Condições precárias, busca desenfreada pelo lucro, materiais de baixa qualidade, tratamento deplorável aos trabalhadores e atrasos nos prazos estabelecidos em contrato. Tudo isso aconteceu e a prefeitura não só não fiscalizou, como ainda ignorou mais de dez denúncias feitas à ouvidoria. Adriano Silva não quer saber de serviço de qualidade e bom atendimento à população.

O Centro de Bem-Estar Animal foi reformado com dinheiro público e o município teria todas as condições de administrar o local com servidores concursados. Terceirizar é entregar um equipamento que foi todo revitalizado com o dinheiro da população para uma empresa lucrar em cima. Isso tudo após a empresa responsável pela obra atrasar a entrega em praticamente um ano, com uso de aditivos financeiros no contrato.

A política de terceirizações do governo Adriano está fadada ao fracasso. Com os R$ 9,2 milhões que serão dados a uma empresa terceirizada, a prefeitura poderia prover um atendimento de qualidade no CBEA, com servidores concursados, com estabilidade, segurança e boas condições de trabalho. Tudo o que faltou no local nos últimos meses. A saída é o concurso público, com atendimento de qualidade e gratuito para todos.

One thought on “Reformado com dinheiro público, CBEA será entregue para lucro da iniciativa privada

  • 17 de março de 2023 em 13:24
    Permalink

    O governo Neoliberal da PMJ favorece exclusivamente a iniciativa privada.
    O imóvel construido com recursos públicos entregue para a exploração da iniciativa privada, que visa somente o lucro.
    A prefeitura é a sede do poder executivo que admiminstra recursos públicos com a finalidade de atender não grupos privados e sim a comunidade.
    Um governo eleito por muitos que governa para poucos!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − 1 =