Reajuste das Agentes Comunitárias de Saúde

Um dia antes de anunciar que não pretende conceder reajuste para os servidores esse ano, a Prefeitura convidou as agentes comunitárias de saúde (ACSs) para uma reunião. A Associação das ACSs solicitou ao Sinsej que estivesse presente. Mas o prefeito não quis se reunir com a presença do sindicato e mandou “comunicar” que elas receberiam um aumento de 32%, o que elevaria o salário de R$ 670 para R$ 860, mesmo valor do menor piso do funcionalismo público.

O Sinsej considera esse aumento um avanço, resultado de muita organização e do esforço para unir às ACSs ao restante da categoria. Mas alerta para a intenção da Prefeitura com tamanha “benevolência”:

A proposta não toca na regulamentação da contratação dessas profissionais e visa separá-las novamente do restante da categoria (prova disso, foi não reconhecer o sindicato na reunião). Para além do ganho financeiro imediato, é preciso pensar na carreira e na segurança trabalhista das ACSs.  Por isso, elas continuam convidadas a participarem da assembleia da próxima semana e ajudarem na luta pelo cumprimento da pauta de reivindicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =