Sinsej pede novamente abertura de negociações

O Sinsej protocolou na tarde de hoje (11/05) um novo ofício na Prefeitura solicitando a imediata abertura de uma mesa de negociação sobre a greve no serviço público municipal. Tal solicitação demonstra a preocupação do sindicato com o atendimento à população que está cada vez mais comprometido, haja vista o aumento constante de trabalhadores grevistas.

No documento, o Sinsej reafirma que os serviços essenciais estão sendo garantidos desde o início da greve. “Enfatizamos nosso compromisso com a busca de diálogo e acordo para avançar na pauta de reivindicações e evitar maiores prejuízos à cidade, que começa a sentir os efeitos do fechamento de unidades de educação, obras, setores administrativos…”, escreve o presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter.

A Câmara de Vereadores de Joinville também aprovou uma moção com o mesmo pedido ao prefeito Carlito Merss.

De manhã, cerca de 5 mil servidores fizeram um novo ato em frente à Prefeitura e saíram um passeada pelo Centro. Amanhã, eles dividem-se entre os comandos de greve, que visitam locais de trabalho, e uma concentração na Praça da Bandeira.  Um novo ato em frente à Prefeitura está programado para sexta-feira (13/05).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 3 =