Sinsej quer provas sobre o absenteísmo divulgado

O colunista Cláudio Loetz, do jornal A Notícia, divulgou na sexta-feira (22/11) um estranho número sobre o absenteísmo na Prefeitura de Joinville. De acordo com ele, cerca de 3 mil servidores faltam ao trabalho diariamente. O Sinsej considera a informação absurda e sua divulgação irresponsável.

A assessoria jurídica do sindicato irá acionar a Secretaria de Gestão de Pessoas para que apresente provas de tais números. A Prefeitura possui aproximadamente 12 mil trabalhadores, e se o número apresentado fosse verdade 25% dos serviços públicos não funcionam diariamente, o que não acontece.

Para o Sinsej, a divulgação de um dado tão escandaloso sem a apresentação de provas é a difamação da categoria perante a sociedade para preparar ataques aos trabalhadores e ao serviço público, como a meritocracia e a terceirização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + dezesseis =