Servidores de Garuva terão assembleia

No dia 24 de junho, às 18h30, na sede do Sinsej de Garuva, será realizada nova assembleia com os servidores. Os encaminhamentos da Campanha Salarial serão decididos neste momento. Este ano não houve nenhum avanço nas negociações, pois o prefeito José Chaves se nega a receber o sindicato.

O reajuste recebido pelos servidores no mês de maio representa apenas a reposição da inflação. O governo não concedeu ganho real, somente cumpriu o que prevê a Lei Ordinária 1.672/2013.

Como único representante legal da categoria, o Sinsej tem buscado abrir a mesa de negociação com José Chaves. Para isso, no entanto, é necessário haver mobilização e participação dos trabalhadores. Os 11 pontos da pauta, incluindo o ganho real, só serão conquistados com organização, mobilização e luta. 

 Transposição de celetistas para estatutários

A Prefeitura de Garuva cumpriu o acordo, firmado com o Sinsej em julho de 2014, e está fazendo a transposição dos servidores da saúde do regime celetista para estatutário.

Entretanto, ela já está atrasada, pois o prazo estipulado era março de 2015. Esta conquista só foi possível através da mobilização do Sinsej e dos servidores. Ela estende aos trabalhadores da Saúde a estabilidade de emprego e todos os benefícios que já eram garantidos aos demais servidores.

 Igualdade de direitos aos ACSs

Essa transposição não acontece da mesma forma para os Agentes Comunitários de Saúde, pois estes trabalhadores já são estatutários especiais. Porém, ainda é preciso garantir a eles os mesmos direitos dos demais servidores, conquistando as garantias que o restante da categoria tem com o Plano de Carreira e o Estatuto.

Para que haja mudança, é necessário disposição e comprometimento para se unir e lutar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 5 =