Servidores do São José voltarão à Câmara hoje

Os servidores em greve do Hospital São José voltarão a participar da sessão da Câmara de Vereadores hoje (4/8). Ontem, eles acompanharam a apresentação de projeto de lei complementar 41/2015, feito pelo vereador Adilson Mariano a pedido do Sinsej. Essa proposta modifica a forma de pagamento do adicional de insalubridade para toda a categoria e garante o benefício para diversos setores, entre outras questões.

Hoje, os parlamentares votam o requerimento de urgência apresentado junto ao projeto. Se aprovado, a tramitação precisa ser concluída em, no máximo dois dias. Caso seja rejeitado, o projeto não tem prazo para ser votado.

O diretor do Sinsej Tarcísio Tomazoni Júnior fez uso da palavra e denunciou o motivo da greve dos servidores do Hospital São José. Ele pediu que os vereadores aprovem o projeto e solicitou a intervenção dos vereadores para abertura da mesa de negociação. Hoje já é o 23º dia de greve e Udo Döhler ainda não negociou.

Quinta-feira (6/8) haverá reunião do Conselho de Representantes de Locais de Trabalho ampliada. Será às 19 horas, no Sinsej. Todos os servidores de Joinville estão convidados. “Vamos nos unir para defender nossos direitos. Por nós não passarão”, declarou Tarcísio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 3 =