CVJ avalia resultado da Campanha Salarial

Servidores da CVJ avaliam retorno da campanha salarial e resposta da Mesa Diretora | Foto: Kályta Morgana de Lima

Aconteceu na tarde de quinta-feira (10/9), assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores de Joinville. Abordou-se a resposta da mesa diretora sobre a Campanha Salarial 2015. Tarcísio Tomazoni Júnior, diretor do Sinsej, enfatizou o atraso no posicionamento da presidência da Casa, que deveria ter se manifestado há mais de mês.

O presidente do Legislativo, Rodrigo Fachini, esteve presente em um momento da assembleia. Ele se comprometeu em pagar o aumento do vale-alimentação, retroativo a maio, com o mínimo equivalente ao da Prefeitura. Além disso, será realizado estudo para avaliar os valores que estão sendo pagos aos trabalhadores, das iniciativas pública e privada, em Joinville. Para tanto, foi organizada uma comissão, em acordo com os presentes, que terá o prazo de 30 dias para apresentar os resultados. Em seguida, a mesa diretora deve se manifestar sobre  a proposta de um novo valor para o vale-alimentação da Casa.

Outro assunto abordado foram as horas-extras. De acordo com o Estatuto dos Servidores (Lei 266/08), é limitado em duas horas diárias a realização de serviço extraordinário. “Isso é justamente para garantir que o servidor não trabalhe além do necessário, aumentando ainda mais sua jornada”, explicou Tarcísio. Segundo ele, o servidor deve se negar a trabalhar além do horário, a não ser em caso de legítima necessidade e em comum acordo entre a direção e o servidor – ainda assim, dentro do limite legal.

Um avanço importante nesta Campanha Salarial foi a garantia de acesso do curso superior para os servidores em estágio probatório. Isso significa que cada servidor pode acessar imediatamente sua formação, iniciando sua progressão salarial ainda no estágio. Antes, os trabalhadores só podiam progredir na carreira depois desse período.

Ao fim, os presentes votaram a favor dos encaminhamentos propostos e uma representante de local de trabalho foi eleita para a Câmara. O presidente do sindicato, Ulrich Beathalter, convidou os servidores para o 1º Congresso do Sinsej, que acontecerá nos dias 12, 13 e 14 de novembro desse ano. Além disso, Uo dirigente sindical alertou que a próxima campanha salarial acontecerá mais cedo no próximo ano, por conta das eleições. Todos os servidores, da Câmara e da Prefeitura, são chamados a participar ativamente desse processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =