Servidores lutam pelo pagamento do recesso

DSC_0225
Servidores que trabalham no recesso paralisaram suas atividades durante toda sexta-feira I Foto: Aline Seitenfus

Os servidores de Joinville que trabalham no recesso paralisaram suas atividades durante todo o dia de hoje, 11/12. O ato, realizado em frente à prefeitura, reivindicou o pagamento do abono para quem trabalha neste período. Ao meio-dia, foi realizada uma reunião entre Prefeitura e uma comissão formada pela diretoria do sindicato e servidores.

O prefeito Udo Döhler informou que não voltaria atrás de sua decisão e não pagará o abono. O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, lembrou dos diversos cargos comissionados e do adicional de chefia, preservados pelo prefeito. Ainda assim, Udo disse não haver possibilidade de voltar atrás.

Logo após a audiência, os servidores deliberaram e votaram pelo início da greve a partir de 4 de janeiro, data do retorno do recesso. Ainda esse final de semana os servidores dos PAs discutem a possibilidade de iniciar a greve na segunda-feira, 14/12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − dois =