Ato estadual contra retirada de direitos

Na próxima terça-feira (16/8), o Sinsej participa de um ato contra os ataques do governo federal, em Florianópolis. A mobilização está sendo convocada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), junto com as demais centrais sindicais de Santa Catarina. A concentração será às 13 horas, em frente ao Centro Integrado de Cultura (CIC) da capital. Às 14 horas, os trabalhadores iniciam uma caminhada até a sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

Entre os ataques contra os quais os trabalhadores protestam estão: a reforma da previdência; projetos que retiram direitos, como o negociado sobre o legislado e a liberação da terceirização sem limites; privatizações; projeto de lei 257 e projeto de emenda constitucional 241, que retiram investimentos nas políticas públicas; retirada de investimentos na saúde e na educação. Eles pedem ainda a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, entre outras medidas.

Um ônibus sairá do Sinsej no dia 16, às 9 horas. Quem desejar participar deve entrar em contato através do (47) 3433 6966, informar seu nome completo e número de RG.

O Sinsej no ato

O Sinsej estará presente no ato e convida toda a categoria para participar. “Levaremos nossas bandeiras como forma de deixar claro aos governantes que não aceitaremos mais retiradas de direitos”, disse Josiano Godoi, diretor do sindicato.

Os ataques citados tiveram início no governo Dilma, mas se intensificaram com a posse de Michel Temer. Ao todo, mais de 50 projetos que prejudicam os trabalhadores já tramitam em esfera federal. Outros, com medidas mais profundas, estão sendo elaborados para serem votados ainda neste ano.

“Acreditamos que somente a unidade dos trabalhadores brasileiros irá impedir a aprovação dessas medidas”, explica Josiano. “Defendemos o Fora Temer e também pedimos uma assembleia popular constituinte, realmente representativa, onde o povo possa tomar o futuro do país em suas mãos e constituir um governo verdadeiramente dos trabalhadores”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + três =