UBSFs entregam proposta ao governo

Na última terça (6/12), os servidores das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) reuniram-se no Sinsej. Os trabalhadores elaboraram um documento com as mudanças necessárias para que seja viável a ampliação no horário de atendimento dos postos. Essa proposta será entregue até o final desta semana à Secretaria da Saúde.

A proposta deve ser assinada por todos os servidores de cada unidade que será afetada pelas mudanças. Uma cópia desse documento será entregue ao sindicato e outra às coordenadoras das unidades, que entregarão ao governo.

Mobilização

As Equipes de Saúde da Família foram surpreendidos no final de novembro com a decisão arbitrária tomada pela Secretaria da Saúde. Sem consultar os servidores, o governo decidiu ampliar o horário de atendimento.

Diante disso, os trabalhadores se organizaram e realizaram uma manifestação, no dia 30 de novembro. Eles são favoráveis à ampliação, mas para que de fato a comunidade tenha um atendimento de qualidade é necessário realizar melhorias nas unidades, como a contratação de novos profissionais.

Intransigência

Durante todo esse processo, a secretária da Saúde se mostrou arbitrária e intransigente. Desde o dia 1º de dezembro os postos não fecham mais para o almoço. Além disso, a secretária havia se comprometido em discutir a ampliação do horário e estender o prazo para a elaboração de uma proposta pelos trabalhadores. Porém, não respeitou esse acordo.

Os servidores ressaltam que não são contrários às mudanças, mas é indispensável considerar as sugestões elaboradas e reunidas na proposta que será entregue ao governo. Caso contrário, comunidade e funcionários serão prejudicados.

Baixe aqui a proposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + dois =