Estamos em greve!

Os servidores reunidos na assembleia do dia 17 decidiram: a partir de segunda-feira, dia 23, começa a greve geral dos servidores públicos de Joinville. Foram cinco meses de uma angustiante tentativa de acordo com a Prefeitura. Infelizmente, o Prefeito Carlito Merss insiste em penalizar os trabalhadores, negando-lhes a reposição salarial e ainda aplicando severa punição aos que aderiram à paralisação do dia 13 de julho. A greve é, portanto, responsabilidade exclusiva do Prefeito, que empurrou os servidores para a luta.
A partir de segunda-feira, chamamos todos os servidores a integrarem os Comandos de Greve organizados pelo sindicato. Sua responsabilidade é percorrer os locais de trabalho, fomentando a discussão e ampliando a participação. A luta só cessará quando forem atendidas as reivindicações da categoria.
A greve da categoria busca:
  • Abono do dia 13/7
  • A reposição da infl ação em parcela única, 5,49%, retroativo à maio;
  • A reposição das perdas dos últimos dez anos, que chegam a uma média de 30%;
  • O fi m das perseguições e punições;
  • O fi m da Ditadura do Atestado;
  • Todos os demais itens já contemplados nas propostas anteriores da Prefeitura.

Enfi m, a greve é pela reconquista da dignidade de cada servidor. Queremos e exigimos respeito pelo nosso trabalho, pelo ser humano que existe em cada um de nós.

Convocação:

o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Joinville convoca os representantes dos locais de trabalho para comparecerem nas reuniões do comando de greve. Nos dias 18, 19 e 20 vão acontecer reuniões, às 18h30, na sede do sindicato, para organizar as ações durante o período de greve. Além dos representantes, quem estiver interessado em ajudar também está convidado.

Serviço:

O que: Reuniões do comando de greve
Quando: Quarta (18), quinta (19) e sexta-feira (20). Sempre às 18h30
Onde: Sede do sindicato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze + dezoito =