Prefeitura não cumpre acordos novamente

Parece que os acordos da greve não estão na pauta de prioridades da Prefeitura. Além de não ter instituído o vale alimentação até agora, a Prefeitura agora desanda ao não conceder os três abonos compensatórios aos servidores que tem se desligado da Prefeitura nos últimos meses. A justificativa é de que enquanto seu departamento jurídico não emitir um parecer os pagamentos não serão concedidos aos exonerados.
No entendimento do Sinsej, baseado na lei que se originou do acordo de greve, os abonos são a compensação pelo parcelamento do reajuste salarial referente data-base de maio de 2010, que corresponde ao período de maio de 2009 a abril de 2010. Sendo assim, todos os trabalhadores que exerceram sua função junto a prefeitura, até a última data-base, fazem jus ao reajuste e portanto aos abonos.
Prova de que esse entendimento é justo, a Câmara de Vereadores está efetuando o pagamento dos abonos para os servidores exonerados entre maio de 2010 e janeiro de 2011. Para os servidores em atividade os abonos estão programados para os próximos pagamentos: fevereiro, março e abril, para todos os setores da categoria, inclusive os agentes comunitários de saúde.
O Sinsej pede aos servidores desligados da Prefeitura desde maio de 2010 que entrem em contato com a entidade caso não tenham recebido os três abonos de R$220,00 na rescisão. A assessoria jurídica do sindicato já está verificando alguns casos, mas é importante que o não pagamento seja comunicado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove + 15 =