Servidores manifestaram-se no Festival de Dança


Com faixas, mordaças e panfletos servidores pediram o fim das punições. Foto: Francine Hellmann

Os servidores municipais de Joinville participaram da abertura do 29º Festival de Dança ontem (20/7) para protestar contra o descumprimento do acordo de greve. Munidos de faixas e com mordaças vermelhas que simbolizavam a voz que a Prefeitura tenta calar, eles distribuíram panfletos expondo a situação e solicitando o apoio da comunidade.

Cerca de 100 manifestantes participaram. Eles representavam toda a categoria que se encontra em estado de greve, repondo as horas dos 40 dias de paralisação. O ato foi motivado pelo atraso de dez dias no pagamento dos servidores que aderiram ao movimento, pelos dois dias de desconto no vale alimentação e pela postura da Prefeitura de negar-se a pagar os professores contratados por termo. O acordo que deu fim à greve, em 17 de junho, previa que os descontos começariam a partir de setembro e apenas se os trabalhadores não conseguissem cumprir a escala de reposições.

Na noite de hoje (21/7), o Conselho de Greve reúne-se na sede do Sinsej, às 19 horas, e define sugestões para as próximas ações da categoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × três =