O Ipreville e os riscos dos parcelamentos

Semana passada a Prefeitura de Joinville solicitou ao Ipreville mais um parcelamento de dívida previdenciária.  Dessa vez serão R$ 23 milhões que deixarão de alimentar nossa previdência dentro do prazo previsto e serão parcelados em 60 meses. O parcelamento ainda precisa de aprovação da Câmara de Vereadores, mas já foi aprovado pelos conselheiros do Ipreville, tendo só o Sinsej como voto contrário.

Mais uma vez a aposentadoria dos servidores joinvilenses vai sendo fragilizada. Perdem não apenas os trabalhadores do serviço municipal, mas toda a população. Isso porque, com esta medida, a prefeitura arrasta ainda mais uma dívida que já chega a R$ 2,1 milhões mensais.

Ouça o comentário político do presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, do último Sinsej Informa e saiba mais sobre como esses parcelamentos prejudicam o instituto, além dos reflexos no futuro dos servidores.


Download Sinsej Comentario da Semana – O Ipreville e os reflexos dos parcelamentos

Ouça este e outros comentários no site do Sinsej.
Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 − cinco =