Assembleia sobre hospital, abono do recesso e jornada dos agentes administrativos dos PASs

Servidores do Hospital Municipal São José, dos Pronto Atendimentos de Joinville e todos os que trabalharão durante o recesso de fim de ano estão convidados para uma assembleia no Sinsej, na sexta-feira (28/11), às 17 horas. Serão discutidos problemas específicos do hospital, o aumento de carga horária dos agentes administrativos dos PAs e a remuneração extra para quem irá trabalhar entre os dias 22 de dezembro e 4 de janeiro. Neste mesmo dia, às 8h30, o Sinsej reúne-se com representantes do governo sobre estes assuntos.

Após garantir que regulamentará um abono para quem permanece em atividade no fim de ano, o governo decretou os dias de ponto facultativo excluindo os fins de semana, o que representará prejuízo financeiro para muitos servidores. Além disso, na última sexta-feira, a Prefeitura comunicou que aumentará a carga horária dos agentes administrativos de PAs para 42 horas semanais a partir de 1 de dezembro. Hoje, alguns destes trabalhadores cumprem 30 e outros 42 horas. Esta disparidade teve origem na transformação dos antigos agentes de saúde pública em agentes administrativos. Diante desta situação, a categoria reivindicava a equalização da jornada em 30 horas ou o pagamento de uma gratificação para quem trabalhava mais. No entanto, o governo decidiu não atender nenhuma das sugestões e quer aumentar a caga horária de todos.

O Sinsej considera todas estes ataques da Prefeitura de Joinville muito graves e reitera a importância de todos os servidores envolvidos comparecerem à assembleia.

Texto atualizado em 27/11, às 16h36

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − 9 =