Sinsej convoca para ato em favor da democracia e pela punição dos terroristas de Brasília

No último domingo (8/1) acompanhamos os atos de terrorismo que aconteceram em Brasília (DF). As atitudes inadmissíveis que atentam contra a democracia e as instituições brasileiras são consequências da normalização do fascismo como prática comum na política do país.

Desde o golpe que retirou a presidenta Dilma Rousseff de seu cargo em 2016, com direito a exaltação a torturador em plena Câmara Federal, o extremismo só cresceu no Brasil. Sua derrota nas urnas não seria aceita de forma pacífica. Sinais claros disso vinham sendo dados nos últimos quatro anos de governo e se acentuaram após a eleição.

No final de semana, com a conivência do governo do Distrito Federal e da Polícia Militar, vimos terrorista depredarem o patrimônio do povo brasileiro em plena luz do dia, sem nem se preocuparem em esconder os rostos. Agora, é necessário que a justiça os julgue como os criminosos que são.

A responsabilidade dos atos de domingo não é só daqueles que estiveram em Brasília. É também dos que financiaram e incitaram tais atitudes. E isso inclui empresários e políticos, alguns com mandato em exercício. Ninguém pode escapar impune, sob risco de fragilizarmos uma democracia que levou anos para ser conquistada neste país.

As pessoas que hoje são responsáveis pelos atos terroristas são as mesmas que, em outros momentos, atacaram os direitos da classe trabalhadora e jogaram o povo brasileiro na miséria. As mesmas que articularam a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a PEC 32, que tem o objetivo de destruir os serviços públicos. São as mesmas que defendem junto aos banqueiros o teto de gastos do orçamento público, impondo aos servidores e aposentados o arrocho dos salários e a piora nas condições de trabalho.

O Sinsej repudia todos os atos antidemocráticos e reafirma sua defesa incondicional à democracia e à classe trabalhadora. Exigimos a imediata identificação e punição exemplar a todos os responsáveis pelos atentados deste final de semana.

Convocamos todos os trabalhadores do município para participarem do ato nacional em defesa da democracia e contra a anistia dos criminosos, organizado pelas centrais sindicais, as Frentes e os movimentos populares, que será realizado nesta segunda-feira (9), às 18h, na Praça Nereu Ramos.

 

*Em defesa da democracia!

 

*Pela revogação da reforma da Previdência e da Trabalhista!

 

*Prisão a todos os golpistas!

 

*Prisão imediata para todos os criminosos!

 

*Bloqueio das contas e confisco dos bens e do patrimônio de todos os financiadores dos ataques terroristas!

2 thoughts on “Sinsej convoca para ato em favor da democracia e pela punição dos terroristas de Brasília

  • 15 de janeiro de 2023 em 16:22
    Permalink

    Os patriotários golpistas devem ser punidos e julgados com o rigor da lei.
    A punição deve ser exemplar para quem participou,incentivou e financiou esse movimento terrorista contra o Estado Democrático de Direito!
    Aqueles que utilizaram redes sociais para divulgar e incentivar o ódio contra as nossas instituições devem responder criminalmente perante a lei!
    Esses fascistas devem responder pela tentativa de golpe, contra esse governo eleito democraticamente!!!

    Resposta
  • 15 de janeiro de 2023 em 17:54
    Permalink

    Os adoradores do (MITO) promoveram arruaças, impedindo o direito de ir e vir do cidadão,destruindo o patrimônio público em nossa capital e agora querem direitos humanos! O mito virou as costas para os bolsominions e foi para os EUA!
    Uma lembrança aos patriotários (cadeia não é colônia de férias,como disse um ministro do STF).
    O analfabetismo político produz uma visão e compreensão do mundo fora da realidade!
    Uma grande maioria de bolsolóides serve com massa de manobra por parte de certos grupos que defedem a concentração de renda e propriedade em poucas mãos!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 + dezoito =