Adriano Silva faz promessas que não pode cumprir sem concurso público

A prefeitura de Joinville entregou, nesta semana, a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Willy Schossland, no bairro Costa e Silva. A entrega veio acompanhada de muitas promessas, como ampliação do horário de atendimento, consultório odontológico e novas equipes de Saúde da Família. No papel, tudo parece muito bonito, mas na prática essas promessas geram um questionamento óbvio: em uma cidade com déficit de servidores, da onde vão sair esses profissionais se a prefeitura não está lançando concurso?

Quando assumiu a pasta, a secretária da saúde Tânia Eberhardt admitiu que o concurso era uma necessidade. Os servidores efetivos da cidade não são suficientes para dar conta da demanda gerada por Joinville na área da saúde. E a política de contratação de temporários, muito usada pelo prefeito Adriano Silva (NOVO), não se mostrou uma solução eficiente para sanar o problema. Diante desse quadro, como a prefeitura promete para a população aumentar o horário de funcionamento da unidade se não tem servidor para isso? Como promete consultório odontológico se hoje faltam profissionais da saúde bocal para as unidades já existentes? Como promete uma nova equipe se hoje as UBSF’s já estão com falta de funcionários?

As promessas de Adriano Silva (NOVO) são vazias. Para que ele cumpra tudo o que prometeu aos usuários da UBSF Willy Schossland, outra unidade vai acabar sendo prejudicada, pois terá que ceder seus profissionais. Ou então ele está esperando que os servidores trabalhem além de suas funções, como já acontece em outros locais do município.

A única forma de atender a população nessas demandas é com concurso público. Joinville precisa aumentar urgentemente seu número de servidores em todas as áreas, especialmente na saúde. A sobrecarga de trabalho já tem causado muitos afastamentos por motivos médicos. Os servidores estão trabalhando além da conta e estão ficando doentes por isso. Essa situação só prejudica os trabalhadores e a população, que acaba tendo um atendimento aquém do que necessita.

Porém, enquanto o prefeito faz promessas para os joinvilenses, nada de concurso público até agora. A prefeitura segue empurrando com a barriga a solução para os problemas das UBSF’s da cidade. Adriano Silva pode entregar quantas obras de ampliação quiser, se não houver concurso elas serão inúteis para a cidade. Concurso público já, para um atendimento gratuito e de qualidade.

One thought on “Adriano Silva faz promessas que não pode cumprir sem concurso público

  • 2 de setembro de 2023 em 21:11
    Permalink

    SAÚDE E EDUCAÇÃO:CAOS ETERNO EM JOINVILLE.
    Como diz um amigo meu:É muita maquiagem e demagogia por parte da PMJ.Onde moro por exemplo existe a ´´VILA DA SAÚDE“(bonito prédio)mas,falta o essencial os profissionais de saúde,infelizmente!
    Eu concordei com ele e disse: A saúde pública e a educação em Joinville não fazem parte do projeto neoliberal do prefeito do ´´Novo“.
    A mídia tradicional infelizmente não cobra uma solução para esta crise,( as filas em postos de saúde continuam,a falta de profissionais na áreas da sáude e da educação em Joinville é gritante,etc).
    O eleitor politizado e consciente deveria colocar o Novo e seus adeptos no ostracismo!
    Infelizmente o eleitor joinvillense não tem consciência do poder do voto para mudanças,disse meu nobre amigo!Vida que segue!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dez + 7 =