Mobilização pelo atendimento da pauta em Joinville

A Prefeitura anunciou, na última semana, que concederá de uma só vez, em abril de 2012, um reajuste de 3% mais o INPC. Tal aumento chegará perto dos 9,6% e, de acordo com o Executivo, pode ser maior dependendo do comportamento financeiro do município. Porém, por outro lado, também poderá ser menor se a crise internacional atingir a arrecadação de Joinville. Essa foi a primeira manifestação do governo depois que o sindicato entregou a pauta da Campanha Salarial 2012, no dia 11 de novembro.

Aumento real: conquista das greves de 2010 e 2011

Há poucos meses o discurso do Executivo era de que Joinville era uma cidade rica, mas possuía uma Prefeitura falida. Agora, no final do ano, surgem declarações na imprensa afirmando que a arrecadação aumentou; que a Prefeitura recuperou sua capacidade de investimento etc. Diante disso, é natural que o reajuste para o próximo período seja maior.

Não sejamos ingênuos. A Prefeitura não está prometendo aumento real para 2012 porque tem mais dinheiro ou tornou-se benevolente da noite para o dia. O anúncio do reajuste no dia 17 de novembro foi resultado da iniciativa da categoria de antecipar a Campanha Salarial.

Outra razão é o recado que os servidores deram ao Executivo nas greves de 2010 e 2011. A Prefeitura sabe que os trabalhadores recuperaram sua auto-estima, que reaprenderam a se mobilizar e lutar por melhores salários. Também está ciente que mais uma greve, em ano eleitoral, pode acabar com a tentativa do prefeito de se reeleger.

Também não podemos esquecer que nossa pauta de reivindicações cobra demandas de todos os setores da categoria, o que vai além do reajuste dos salários.

Por isso, longe de arrefecer nossa mobilização, agora é hora de ampliar nossa unidade, organização e disposição para a luta. Precisamos que o bom momento econômico da Prefeitura resulte em investimentos na carreira dos servidores. Nossa pauta apresenta questões importantíssimas para a ampliação da qualidade de vida e de trabalho de todos os companheiros, independente da secretaria em que trabalham. É possível avançar ainda mais.

Estamos preparados para a campanha salarial

Nos próximos dias, a diretoria do sindicato visitará diversos locais de trabalho, distribuindo nosso informativo e preparando a assembleia geral de 15 de dezembro. As visitas visam reestruturar o Conselho de Representantes. Os locais que já têm seu representante podem confirmá-lo e os que não têm devem elegê-lo. Cada unidade pode, ainda, de forma autônoma, enviar para o sindicato a indicação de seu representante.

Todos à luta pelo atendimento da pauta de reivindicações 2012!

Todos na assembleia do dia 15 de dezembro, às 19 horas, no Sinsej!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =