Samu será entregue à OS na próxima quarta

O governo de Santa Catarina dará mais um passo rumo à privatização da saúde catarinense nesta semana, com a entrega da administração do SAMU para uma Organização Social na próxima quarta-feira (1º/8). De acordo com a regional de saúde de Joinville, a mudança não afetará a estrutura do serviço em um primeiro momento. A OS se chama Associação Paulistana para o Desenvolvimento da Medicina. Ela assumirá a responsabilidade sobre as ambulâncias de UTI que eram responsabilidade do Estado.

O governo Raimundo Colombo acredita que com a mudança será agilizada as contratações de serviços e profissionais, principalmente médicos. Mas na prática a entrega de serviços públicos à OSs significa pagar para que empresas privadas desempenhem um papel que é de responsabilidade do Estado. Além disso, a entrega de serviços essenciais à OSs é uma forma de burlar legislações, como a necessidade de licitação em tudo que for feito ou comprado com o dinheiro público e a realização de concursos para a contratação de funcionários.

O Sinsej defende a qualidade do trabalho desenvolvido pelos servidores e a manutenção do patrimônio público nas mãos do Estado. A entidade também acredita na mobilização da sociedade para exigir melhor gestão dos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + onze =