Prefeitura mais uma vez descumpre acordo

A Prefeitura de Joinville está descumprindo o acordo sobre a garantia de pagamento da licença-prêmio negociado na greve de 2011. O motivo é a meta anunciada pelo prefeito Carlito Merss (PT) de economizar cerca de R$ 2 milhões até o fim do ano. Enquanto isso, os trabalhadores estão tendo que passar por um sufoco e engolir em seco esse desrespeito com os seus direitos.

Os servidores ficaram contentes em setembro de 2011 quando a prefeitura divulgou que finalmente retomaria as indenizações da licença-prêmio – direito de folga remunerada de seis meses a cada 10 anos de trabalho. Os valores estavam sendo pagos em uma quantidade de determinada por mês.

Porém, vários servidores denunciam que a promessa foi descumprida desde outubro. Uma lista de espera do setor de recursos humanos indicava quando os pedidos de indenização seriam pagos. Mas quando chegou a vez de os listados para outubro receberem, a prefeitura avisou que suspenderia os pagamentos sem previsão para retomada.

Na primeira reunião com o prefeito eleito Udo Döhler, o Sinsej alertou que essa deve ser uma das primeiras questões a serem resolvidas. Udo se comprometeu a resolver o problema e retomar os pagamentos. O sindicato espera que o próximo prefeito atenda às reivindicações da categoria e cumpra os acordos firmados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =