Campanha salarial de Itapoá: Direção do Sinsej não abre mão da revisão salarial

Primeira rodada de negociação entre Sinsej e Comissão de negociação da Prefeitura de Itapoá acontece sem muitos avanços

Após dois meses de espera, a primeira reunião para tratar da campanha salarial 2021 dos servidores de Itapoá, entre Sinsej e a comissão de negociação nomeada pelo prefeito Marlon Neuber (PL) aconteceu sem muitos avanços, no dia 9 de junho. No entanto, a insistência do Sinsej para que a Prefeitura conceda a reposição salarial pode render pequena esperança à categoria. Na ocasião, ficou acertado que a assessoria jurídica do Sinsej vai entrar em contato com a Procuradoria do município demonstrando a legalidade da reposição apesar da orientação negativa do Tribunal de Contas do Estado. Com base em decisão equivocada do Supremo Tribunal Federal que usou a Lei Complementar nº 173/2020 – de menor valia que a Constituição Federal, para declarar ilegal a reposição da inflação, o TCE mudou sua primeira recomendação acerca do tema.

Além da reposição e demais cláusulas econômicas, os dirigentes do Sinsej Camila Dalri, Geovani Lampugnani e Marcio Oliveira, acompanhados do assessor jurídico Marlon Moraes, cobraram da Comissão todos os outros itens da pauta de reivindicações da categoria. Mesmo com pretensão de desanimar nossa luta e negar muitos deles, Camila solicitou que comissão converse com o prefeito e convoque nova reunião, com data a ser definida.

Adicional noturno foi conquista da luta

Primeira rodada de negociação contou com diretores e assessor jurídico do Sinsej e secretários municipais da Educação, da Fazenda, da Saúde, chefe de gabinete do Prefeito e diretora do RH de Itapoá

A mobilização em torno da campanha salarial em Itapoá conseguiu garantir o adicional noturno das 4h30 às 6 horas para profissionais da cozinha piloto. O direito foi reconhecido e começará a ser pago corretamente a partir do mês de maio na folha de junho.

Estamos no início da luta e por isso a direção do Sinsej convoca toda a categoria a ficar alerta e organizada até a conquista final das reivindicações. Não vamos abrir mão de nenhum direito. Serviço público de qualidade se faz com servidor valorizado!

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × três =