Servidores aprovam tramitação do projeto

Negociações serão reabertas hoje. Greve continua até decisão da categoria em assembleia

Em assembleia na tarde de hoje (23/5) os servidores de Joinville em greve decidiram aceitar a proposta da Prefeitura de permitir a tramitação do projeto que concede reajuste à categoria.

Hoje de manhã o prefeito Udo Döhler enviou um documento ao sindicato comprometendo-se a estabelecer uma mesa de negociação, ainda esta noite, mediante aprovação do projeto na CVJ.

Com a decisão da categoria, uma reunião entre o sindicato e a prefeitura acontece na noite de hoje.

De acordo com o ofício, a prefeitura buscará uma solução junto ao sindicato para os itens da contraproposta apresentada pela categoria na terça-feira.

São eles:

Proposta de reajuste que não implique perda salarial para a categoria;
Proposta para valor e data de implementação do vale-alimentação a todos os servidores da Prefeitura;
Negociação dos dias paralisados;
Manutenção dos itens já acordados;
Estabelecimento de mesa permanente para discussão dos demais itens da pauta.

Em nome dos Comandos de Greve, que se reuniram no Sinsej antes da assembleia, o presidente do sindicato, Ulrich Beathater, defendeu que a categoria aprovasse a tramitação do projeto. Ele lembrou que a movimentação dos servidores na Câmara cumpriu o objetivo de reabrir as negociações. “A aprovação do projeto não implica no fim da greve, trata-se apenas de uma estratégia”, explicou. “São em momentos como este que a categoria prova unidade e maturidade”. Para ele, a decisão dos trabalhadores provou que o sindicato e os servidores em nenhum momento foram intransigentes.

O resultado das negociações de hoje e os rumos do movimento serão decididos pela categoria na assembleia que ocorre amanhã, às 9 horas, em frente à prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 16 =