Prefeito Udo ignora os servidores

Ignorar os servidores parece ser a nova rotina de trabalho do prefeito Udo Döhler. Agora, além de não cumprir acordos, ele decidiu atacar um direito histórico da categoria: os recessos nos pontos facultativos.  Além de não conceder, pela terceira vez em 2015, o ponto facultativo, Udo nem ao menos se dignou a dar uma resposta ao ofício do Sinsej.

E ele vai além. Há mais de 15 dias que a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2015 foi protocolada na prefeitura, mas até agora Udo não mostrou nenhum interesse em discutir e tentar, ao menos, resolver os problemas dos trabalhadores. Este é o grande gestor eleito. Este é o prefeito que se dizia preocupado e disposto a atender a categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =