Mobilização contra alteração de escala no HMSJ

DSC_0257
Servidores votaram contra a mudança da escala de horário I Foto: Kályta Morgana de Lima

Os servidores do Hospital Municipal São José (HMSJ) se reuniram em assembleia no início da tarde de hoje (3/3) para discutir a proposta de alteração da escala do horário, sugerida pelas chefias dos setores. Por unanimidade os trabalhadores recusaram a medida que trocaria as atuais seis horas diárias para uma escala de 12 horas por 36 horas. Além de não trazer nenhum benefício, a mudança só acarretaria problemas aos servidores, como o não pagamento do sétimo dia e a falta de vagas integrais nos CEIs, dificultando a vida das servidoras mães.

O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, destacou a importância da organização dos trabalhadores para barrar todos os ataquesque estão chegando, mesmo que de forma parcelada como Udo tem feito. “Em outras cidades, como Florianópolis e Jaraguá do Sul, os prefeitos têm apresentado pacotes radicais de cortes de direitos dos servidores. Os trabalhadores da capital conseguiram revogar os projetos, depois de uma greve massiva da categoria, e agora Jaraguá entrará em greve, a partir de segunda”.

Para barrar essa e outras medidas, bem como reivindicar melhorias para a categoria, que se inicia a Campanha Salarial 2017. A primeira assembleia com os servidores de Joinville está marcada para o dia 13 de março, às 19 horas, na Câmara de Vereadores. Antes disso, acontecerá também a reunião do Conselho de Representantes dos locais de trabalho, no dia 7 de março, às 13h30, no Hotel Tannenhof.

DSC_0242
Foto: Kályta Morgana de Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 18 =