Todos à paralisação de Joinville amanhã

DSC_0024
Prefeito continua dizendo “não” aos servidores | Foto: Kályta Morgana de Lima

Após a paralisação que reuniu cerca de 3 mil servidores na semana passada, o governo reabriu a mesa de negociações e apresentou novas propostas na reunião de ontem (5/6) com o Sinsej. Apesar do esforço, o prefeito Udo Döhler não mudou uma vírgula sobre o reajuste, que continua 1,69% a ser pago em agosto, ou sobre o vale-alimentação: aumento de R$ 13,05. Uma nova paralisação com assembleia para discutir os rumos da Campanha Salarial 2018 está marcada para essa quinta-feira (7/6), às 9 horas, em frente à Prefeitura. Toda a categoria está convocada.

Novas propostas

Essa é a sexta reunião entre Prefeitura e Sinsej e durou cerca de 3 horas e meia. Diversos pontos da Pauta de Reivindicações foram discutidos novamente e somente alguns obtiveram resposta positiva. Já os demais pontos foram ignorados ou receberam um simples “não”.

Ao fim, a Prefeitura só concordou em conceder gratificação de interiorização aos ACSs (que varia entre R$ 83 a R$ 147), uma tabela salarial de doutorado e um quinquênio ao final da carreira do magistério. Ainda há muito no que avançar e é por isso que os servidores precisam estar preparados e mobilizados em defesa do serviço público e por mais direitos. Convide seus colegas nos locais de trabalho e participe amanhã!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 9 =